Seja minha vida o padrão naquilo que eu falar e no procedimento, o exemplo à todos levar.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

ATO PÚBLICO DA FEIPOL SUDESTE NA PRAÇA DA SÉ - SÃO PAULO

ATO ECUMÊNICO PELA PAZ
A FEDERAÇÃO INTERESTADUAL DOS TRABALHADORES POLICIAIS CIVIS DA REGIÃO SUDESTE - FEIPOL - SE
Rua Marechal Deodoro, 81, centro - Campinas - SP. Tel. 19-3237.0621 ou Av. Cásper Líbero, 390, 5º Andar, Luz, São Paulo - SP, CEP 01.033-000 Tel. 11-3313.5077.
 Presidente: - Aparecido Lima de Carvalho Carvalho" kikolimacarvalho@hotmail.com

O SINDETIPOL não poderia deixar de ser um braço de Minas, estendido no ato da Feipol Sudeste na Praça da Sé em São Paulo.
 
Da esquerda para a direita... 'Veio' - Ernane Lucena, Valério S. Valente, companheira de Sorocaba, Cidinha Queiros (Presid. Sindpol Sorocaba-SP), Bernadino Gaioso (Bahia e Diretor da Cobrapol), 'Kiko' Presid. da Feipol-SE, Cléverson Lobo Buim (Presidente do Sindetipol em Minas).

O presidente do Sindetipol Cléverson Lobo Buim, trouxe o seu discurso de apoio a federação sudeste na administração do seu presidente carinhosamente conhecido por Kiko - Aparecido Lima de Carvalho, bem como, ao Luizinho, presidente da Nova Central Sindical de São Paulo pela realização dos trabalhos, objetivando trazer a público o clamor da categoria diante da insensatez e insensibilidade das autoridades políticas que governam o Estado de São Paulo há algumas décadas.


FEDERAÇÃO INTERESTADUAL DOS TRABALHADORES POLICIAIS CIVIS DA REGIÃO SUDESTE - FEIPOL/SE

EDITAL DE CONVOCAÇÃO
ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

A Federação Interestadual dos Trabalhadores Policiais Civis da Região Sudeste – FEIPOL/SE, previamente autorizada por seus sindicatos filiados da base do Estado de São Paulo, CONVOCA toda a Categoria dos Trabalhadores Policiais Civis do Estado de São Paulo para participarem da Assembleia Geral Extraordinária da categoria a realizar-se no dia 16 de Outubro de 2012, às 15h30min em primeira convocação com 50% mais um dos Trabalhadores convocados ou às 16h00min em segunda e última convocação com o numero de convocados presentes, na Praça da Sé, defronte a Catedral, Centro, Cidade de São Paulo/SP a fim de deliberarem pela seguinte ordem do dia: 1º - Discussão e Deliberação da Pauta de Reivindicação da Categoria; 2º - Discussão, Composição e Eleição dos Membros da Comissão de Negociação junto ao Governo Estadual;

Campinas, 02 de Outubro de 2012.
APARECIDO LIMA DE CARVALHO
Presidente da FEIPOL/SE
Major Olímpio, Deputado Estadual dando entrevista.
Bernadino Gaioso (de azul), ValérioValente (de costas), Kiko com a palavra e -  Ernane Lucena.

Companheiras Policiais Civis de Sorocaba-SP
MÁRCIO PINO, presidente do sindicato dos Policiais Civis de SANTOS-SP sendo entrevistado pela BAND.
Os companheiros POLICIAIS MILITARES de São Paulo, presentes em apoio ao  Ato  da FEIPOL  Sudeste.
Protógenes de Queiroz vestindo a camisa do seguimento dos companheiros da POLÍCIA MILITAR.
O ato, foi também pelos 04 anos passados da greve de 2008, com confrontos com o governo do Estado de São Paulo. Este governo disse que o confronto foi entre as policias civil e militar. Uma inverdade! Neste ato os policiais militares se fizeram representar, em apoio ao ato da federação sudeste dos policiais civis de São Paulo. 
O braço direito da Federação Sudeste para a realização do ato, foi o companheiro MÁRCIO PINO Presidente do Sindicato dos Investigadores de Santos -SP. Providenciou no âmbito administrativo e operacional os meios para tal e colocou um enorme caminhão de som e que nos serviu de palanque, na Praça da Sé, sem falar as faixas e cartazes espalhados pelo local e o apoio de Luizinho presidente da Nova Central.
O ato, recebeu a participação de forma contundente em seu discurso do companheiro e amigo Deputado Federal Protógenes de Queiroz, Delegado da Polícia Republicana. 
PROTÓGENES DE QUEIROZ, discursando em apoio as categorias que se faziam presentes. 
Mandando ver no discurso... Esse é o cara!

video
Parte de seu discurso...
Presidente do Sindetipol Cléverson Lobo Buim e o nobre Delegado da República, Deputado Federal Protógenes de Queiroz. É uma dó que o jornalista Claúdio Villaça (Presidente da AJOSP-BH) e David Rodrigues da Silva (Presidente do SINDETIPOL) não puderam se fazer presentes, ambos, falecidos recentemente e eram amigos de Protógenes.
Gemerson, Adriana PM., Franklin - RJ, Dep. Prógenes de Queiroz, Moises e Kiko.
video
Momentos durante a organização do local pelo MÁRCIO PINO e demais companheiros, bem antes do início dos trabalhos. Sindetipol de Minas, presente!

Padre da linda Igreja da Sé, trazendo a palavra ao início dos trabalhos.

Grande Adriana da PM, apresentando o seu discurso.
 








O Companheiro Valério S. Valente, representando a Nova Central Sindical,à frente dos trabalhos em torno da assembléia  que foi realizada, juntamente com 'Kiko', para legalizar o ato e o início de buscas de negociação no âmbito legal, junto ao governo do Estado de Sampa.
VIOLÊNCIA E MAIS VIOLÊNCIA... VEJA A OUTRA  MATÉRIA COM VÍDEOS:


O ato não foi para jogar a culpa na legenda do PSDB, partido este que não tem culpa dos desmandos de indivíduos que administram mal seus atos em prol da população. Políticos que representam o PSDB daquele estado, insensíveis com o problema da segurança pública que vem aumentando de forma galopante. Sem os investimentos necessários em recurso humano, sem um salário digno e diante do perigo que é ser policial civil ou militar em Sampa. 
Por falar em legenda partidária e com todo respeito ao PSDB, a emissora Globo é claro, em minha opinião, não iria querer se fazer presente e por falar em P.I.G... 
No entanto, o espaço foi muito bem obrigado, ocupado pelas emissoras de televisão do SBT, Band-Bandeirantes e a super emissora Record, além de outros jornalista a exemplo da Srta. Wanessa que ali atuava pela CUT. 
E no telejornal das mencionadas emissoras, foi a nível nacional divulgado o ato público em desfavor ao governo de São Paulo, do aumento da criminalidade, da mortandade de policiais, dos baixos salários, da falta de recurso humano para a manutenção do quadro e a proteção da população.

O programa pânico da Band - emissora Bandeirantes, também achou espaço para seus trabalhos na grande Praça da Sé, durante esta data.
O ato público ocorreu na forma de culto ecumênico, discursos das lideranças e autoridades, da colocação de um quantitativo de cruz, representando os policiais civis e militares que foram deitados - tombatos no Estado de Sampa. Momento que a missionária que se fazia presente no local, trazia a palavra e logo a oração - intercessão ao Eterno, Criador e Senhor de nossas Almas.
Foi um pequeno grande passo da Federação Sudeste dos Policiais Civis que representa em torno de 65 mil policiais civis, na administração do companheiro KIKO.
A Federação do Distrito Federal e regiões centro-Oeste e Norte, também se fez presente com a preseça do amigo e companheiro ERNANE LUCENA, Agente de Policia Aposentado da PCDF, Diretor do Sinpoldf e Vice-Presidente da Feipol Centro Oeste. Ernane que carinhosamente é chamado por todos de "Véi" foi o homem que estruturou a nossa federação sudeste, juntamente com Valério Schettino Valente do sindicato Sindetipol de Minas com apoio maciço da Nova Central Sindical de São Paulo e de Minas Gerais. 
A partir das palavras de Valério S. Valente, Secretário Geral da FEIPOL, exponho o seguinte: 
A Assembleia, era iniciada com um número de quorum inferior e aguardando o tempo para a segunda chamada. Feita a segunda chamada, os trabalhos iniciaram.
A PRIMEIRA discussão e deliberação da pauta reivindicatória. Ficou DECIDIDO que as entidades filiadas irão disponibilizar nos sites e delegacias, um formulário para que os policiais civis possam estar repassando suas sugestões para a pauta, do que querem ou necessitam de reivindicar agora e opinarem e nesse intervalo, sendo deliberado também, que serão realizadas assembleias regionais em MARÍLIA, CAMPINAS, RIBEIRÃO PRETO, SOROCABA, MOGI DAS CRUZES, PRESIDENTE PRUDENTE e SANTOS. 
Sendo que após a realização da penúltima assembleia será chamado uma última, assembleia geral, para o fechamento da pauta que será entregue ao Goveerno Estadual. 
A SEGUNDA discussão e deliberação, foi a formação e eleição da comissão de negociação junto ao governo do Estado de São PAULO. 
Deliberado por eleger o presidente, relator e revisor que irão sistematizar as propostas provenientes da categoria, sendo o presidente 'Kiko' (presidente do Sinpol Campinas e da Feipol), relator Jarim (IPA e Sinpol Mogi das Cruzes) e o Ronaldo, diretor de comunicação da Feipol-SE e do Sinpol - Santos) sendo ainda deliberado pela plenária que todas entidades paulistas, representantes dos policiais civis, terão direito de indicarem um membro para compor a comissão, democraticamente, abrindo a participação na comissão à todas as entidades filiadas a Feipol - SE. 
OBSERVAÇÃO- Este é o primeiro passo para a legalização do movimento reivindicatório, ou seja, a FEIPOL - SE irá cumprir todos os tramites legais, evitando assim, uma possível decretação de ilegalidade do movimento de reivindicação das instituições policiais civis de São Paulo. 
O partido PSOL sempre se fazendo presente nos atos referente as omissões do governo estadual e municipal e aqui, a partir da presença de seu Deputado Estadual no Estado de São Paulo. Ele juntamente com Protógenes de Queiroz vestiram a camisa da Associação dos Praças Paulistanos.  Ambos sempre muito atuantes.
DO ATO
"Não aguentando mais a sucessão de assassinatos de policiais, fruto da violência que vem aumentando cada vez mais, na cidade e no estado de São Paulo, os sindicatos que compõem a FEIPOL-SE resolveram promover um ato ecumênico pela paz. 
Para isso convocou seus filiados, familiares e amigos para se fazerem presentes, quando, além da manifestação pelo restabelecimento da paz social, pretendem exigir medidas governamentais que, concretamente, concorram para atuar na raiz do problema. 
Os sindicatos pedirão, publicamente ao Governo, que adote providências urgentes no sentido de que: 
a) seja adotado um plano de segurança pública de Estado e não de Governo, ensejando políticas duradouras e não a critério de cada governante;
b) Exija-se dos governantes medidas que valorizem o exercício das funções policiais, traduzidas em maior profissionalização e melhor remuneração para os policiais de todas as carreiras;
c) Altere-se a legislaçãoi de modo a que atentar contra a vida de um 'agente' da lei se transforme em crime contra o próprio Estado e, assim, seja apenado com mais rigor;
d) Faça-se com que a reposição dos efetivos policiais se faça de forma automática, tão logo surjam os 'claros' e não como vem sendo feito."     PROTESTE!

A grande falta foi da pessoa do companheiro DAVID RODRIGUES DA SILVA, presidente do Sindetipol de Minas Gerais, que faleceu no dia 27 de agosto de 2012. Uma grande perda para a categoria, pois foi um marco para o Estado de MINAS, sua carreira sindical de lutas em prol dos policiais mineiros.
http://cleversonboim.blogspot.com.br/2012/10/passagem-de-david-rodrigues-da-silva.html

Saudações à todos.

Em construção (faltam vídeos)