Seja minha vida o padrão naquilo que eu falar e no procedimento, o exemplo à todos levar.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

PL 21/2011 EM DEBATE NA UNA - MG - SINDETPOL ESTEVE PRESENTE.

Foi muito oportuna a iniciativa do repórter Cláudio Villaça de trazer à Minas, o seu amigo e companheiro de partido Dr. Protógenes de Queiroz, Delegado de Polícia Federal e Deputado Federal, o delegado à frente das operações Satiagraha, Maluf, Daniel Dantas e outras.




O evento se deu com o apoio do Centro universitário - UNA em Belo Horizonte no dia 06 de maio de 2011, sexta-feira,  cedendo o auditório do Campus Aimorés, às 19H00, compondo a mesa os debatedores nas pessoas ilustres do Deputado Estadual Durval Ângelo, (PT/MG), Juiz Michel Curi da Comarca de Contagem-MG, o ex-ministro do Trabalho Almino Afonso, Advogado Wilhian Santos, presidente do DCH da OAB/MG, além do Deputado Federal Protógenes de Queiroz e o jornalista Claudio Villaça que gerenciava os trabalhos.

Cláudio Villaça (a esquerda ao lado do Deputado) está à frente da instituição jornalística AJOSP em Belo Horizonte – Associação dos Jornalistas do serviço Público.  Claudio, além de ter formação em ciência da comunicação, já há algum tempo, vem na condição de catedrático de direito devendo bacharelar sem demora. E, não somente pela amizade, mas, também pelo mesmo cunho ideológico de Protógenes de Queiroz de lutar em desfavor da corrupção, tendo ainda recebido grande apoio de seu companheiro e amigo Dr. David Rodrigues da Silva, Policial Civil e presidente do Sindicato SINDETPOL de Minas Gerais.  Claúdio e David Rodrigues, trabalharam em prol da vinda do Deputado Federal Protógenes à Minas.

Deputado Durval Ângelo e
Juiz Michel Cury
É importante a iniciativa do companheiro, tendo em vista, que Minas Gerais vem se mostrando um antro de indivíduos políticos e agentes públicos corruptos. Ávidos por dinheiro, usando a função público para se beneficiarem. Um bom exemplo disso, é que o MENSALÃO, vergonha nacional,  nasceu nas Minas Gerais. Senão, vejamos a matéria do blog http://cleversonboim.blogspot.com/2011/10/inhotim-grande-lavanderia-mineira.html .



Ele não aceitou fazer o exame
 do bafômetro no Rio.
Por quê?
 ABRINDO UMA TANGÊNCIA... IMPRENSA AMORDAÇADA.
 Se não fosse páginas de internet e blog’s diversos de minas, em muito, não ficaríamos sabendo de casos e casos escandalosos. Isto posto, porque a imprensa em Minas Gerais é em Tese "amordaçada", para não falar; e em Tese comprada (com honrosas exceções).

DANIEL DANTAS
 Digo comprada, pois todos nós sabemos de casos, a exemplo do “PIG”, tão bem comentado pelo grande Paulo Henrique Amorin em seu blog Conversaafiada.blogspot.com e pela Rede Record.  Todos já sabemos a quem o “PIG” - Rede Globo serve em nosso pais e fora. Vejamos...
No âmbito doméstico ou nacional, sabemos que o “PIG” serve a direita. Todos nós hoje, conseguimos entender com perfeição o que o Sr. Aécio Neves fez, usando a CEMIG para comprar as ações da empresa de energia lIGHT na chamada negociata MINAS-LIGHT-CEMIG-TV GLOBO, no estado do Rio de Janeiro, objetivando em tese, beneficiar o “PIG”.

Panfleto de campanha
 eleitoral de 2010...
O aeroporto de Itabira ainda
 não foi contruído e já recebe
verba de reforma do
Governo Aécio Neves?
Cadê o MP - Parquet?
 Em 2007, o site Tribuna da Imprensa  http://www.tribunadaimprensa.com.br/?p=5621, revelava a negociata da energia que em tese, tirou a Globo de sua falência.
Ficaram estes contratempos ou obstáculos do trajeto de Aécio Neves, porém, abafado, no que seria uma acusação de um escândalo sem precedentes.

“É uma gigantesca operação envolvendo o governador, a TV Globo, a Cemig, a Light e a construtora Andrade Gutierrez, esta, foi substituída pela Odebrecht, que tem mais poder de fogo. (Dinheiro).”  Por ordem de Aécio, a Cemig assumira a dívida da Light no valor de 1 bilhão e 500 milhões. (Seria somente este valor?). Aqui e agora nem dá para esmiuçar essa manobra espantosa, que teria o objetivo de fortalecer a candidatura Aécio em 2010, com uso do nosso dinheiro - da Cemig, como manobra.”
Aécio é desses políticos que ainda acreditam que a TV Globo “faz presidentes”.

Mas não poderá abafar esse escândalo, que só o prejudicará, mobilizado por adversários e correligionários. O então governador de Minas não percebeu que estava sendo “chamuscado” e nem o Corpo de Bombeiros do Brasil todo poderia evitar o incêndio. E a TV Globo se desligará dele, com a mesma tranqüilidade com a qual entrou na negociata. Disse muito bem o site, quando já falava até no “caso” Eduardo Azeredo, nas manchetes em tese envolvido até o pescoço no caso MENSALÃO.
A Cemig “tomou” 3 BILHÕES do BNDES, a juros baratíssimos. (o mesmo que foi feito pelo Bradesco, para se intrometer e se apossar do controle da Vale). É como se fosse um empréstimo indireto para a Rede Globo, numa trementa manobra administrativa.   Financiando essa negociata, o que o BNDES contribuiu para o DESENVOLVIMENTO NACIONAL? Depois disso surgiu o APAGÃO QUE ASSUSTA o Brasil todo.
Com essa negociata, a TV Globo LEVANTOU SAIU DA FALÊNCIA nos Estados Unidos. A Globo não podia nem alugar imóvel, Agora está LIMPA, LIMPA. Por fora, é claro. Parabéns a Tribuna da Imprensa, pela reportagem.

POR FALAR EM CORRUPÇÃO...


Temos conhecimento de que a empresa Rede Globo estava afundada em dívidas e sem precedentes, bem como, sem condições de pagá-las. oK? Ora, depois a Cemig, teria em tese vendido parte das ações para a TV Globo e com isso... A Rede Globo como uma das proprietárias da LIGHT... Entendeu, o silogismo? Saiu do aperto! Santo Aécio Neves.
Com tal dívida não paga, vinha a empresa Rede Globo pelas vias indiretas, em tese se locupletando pelo fato de nunca pagar a energia elétrica, enquanto que a maioria, o povo, pagava tudo direitinho. Por isso, entendemos pelo bom silogismo, que privilégios... Qual foi o privilégio do PIG junto ao Sr. Aécio Neves?  Aécio já não estava visando sua ascensão política ainda maior para 2010 sobre seu oponente José Serra, com o peso ou apoio de uma empresa denominada Rede Globo? Rede Globo esta, que de Rede Bobo não tem nada

Em passeata  com cobertura de Cacco Barcellos (ótimo profissional), os manifestantes diante da reportagem, apresentaram o seguinte grito: - O POVO NÃO É BOBO, FORA REDE BOBO. É um pouco forte, mas, mostra o coração do povo em desfavor desta emissora. Eu mesmo evito assistí-la. Vejamos: -

video


Claudio Villaça e Protógenes

Diante da máxima, que os estados nordestinos é que são mais corruptos... Mas, Minas Gerais, é onde nasceu o mensalão. E o caso de lavagem de dinheiro no âmbito escandaloso a saber, INHOTIM...
Este caso, INHOTIM, é conhecido como a grande lavanderia mineira. Lavanderia é de lavar roupa e não dinheiro, mas em Minas Gerais... Veja a matéria no link já mencionado e prepare o estômago: -  http://cleversonboim.blogspot.com/2011/10/inhotim-grande-lavanderia-mineira.html .
Juíza Patrícia Acioli,
assassinada
por Policiais corruptos
O problema da corrupção em minas e agora falando do nordeste brasileiro, é que o próprio judiciário está em TESE pelas vias morais, falido. Veja a reportagem no link http://cleversonboim.blogspot.com/2011/10/estamos-perdidos-acabou-se-o-judiciario_23.html . Prepare-se para se escandalizar. Quer um pouco mais? Veja a respeito da reforma política e por que a maioria dos políticos não a querem. Entre no link que segue: - http://cleversonboim.blogspot.com/2011/11/reproducao-de-carta-capital.html  


Bel. Cléverson Lobo Buim
Quer afundar o pé na lama ainda mais, então saiba que a lei em nosso pais, é somente para beneficiar ricos e influentes. Pobre nunca tem vez neste pais,  com autoridades de seguimentos diversos e mesmo criminal, preconceituosas e dada a hipocrisia com honrosas exceções. 
Protógenes de Queiroz, é um dos poucos delegados, que tentaram fazer polícia sem utopia, ou seja, para rico ou para pobre, para Chico ou para Francisco, ou seja, Chico é pobre e não tem nome; Francisco é rico e tem nome.
Este nobre delegado, honrou nosso povo e nosso pais, com sua equipe, investigando e algemando o dito DANIEL DANTAS. E LOGO... Pudemos perceber que o Ministro Gilmar Mendes, hoje conhecido por Gilmar Dantas (amigo de FHC, esse que o chama de corajoso), que em tese (descaradamente) beneficiou DANIEL DANTAS. Veja a matéria no link: -
 http://cleversonboim.blogspot.com/2011_09_25_archive.html   .
Tenho por opinião ser Fernando Henrique Cardoso, um cínico, quando em sua reportagem na época da prisão de DANIEL DANTAS, tendo ambos, em tese,  laços ou ligações sociais, teve o descaramento de dizer ser o mesmo uma pessoa brilhante, enquanto que se dirige a pessoa de Protógenes como um amalucado, procurando em tese, induzir a erro quem deparasse com a reportagem. Veja você, por quem o seu pais já foi administrado. Veja parte da reportagem na íntegra e prepare o estômago: -

video

Bel. Cléverson Buim e à sua frente
a Irmã Maria Alba.
 A PL 21/2011 do deputado Protógenes está voltada para o aumento de pena para os corruptos e outras importantes providências. É claro, que conhecendo a ciência jurídica, sabemos que se ao menos a legislação que está ai fosse APLICADA, o nível de corrupção em nosso pais, seria menor. Mas esperar por Juízes e serviçais da justiça; Ministério Público, por Delegados de Polícia e seus escrivães e investigadores, é continuar a deparar com os FRUTOS MORAIS que vemos. Ou seja, corruptos que se beneficiam pelo fato da aplicação da lei, nunca atingidos. Também, com a reportagem de FHC acima, o que mais podemos esperar?
Click p/ ampliar
Se ao menos as leis criminais e cíveis, fossem aplicadas na forma em que se encontram... Essa foi a temática do Bel. Cléverson Lobo Buim (Boim), em sua fala no encontro feito pela AJOSP, na faculdade UNA em Belo Horizonte.


Cléverson Lobo Buim
Cléverson Buim (BOIM)... Não adianta falarmos de Itabira com mais de 01 bilhão e 600 Milhões de Reais em seu orçamento de quatro em quatro anos, nos mandatos de Ronaldo Magalhães e João Isael Quirino, totalizando em torno de 04 Bilhões e 800 Milhões em 12 anos de prefeitura e nada, de ver o dinheiro na cidade. Por exemplo, 19 Milhões para o córrego do Periquito e nada foi construído. Para onde foi o dinheiro? Delegacia abrir Inquérito, contra o prefeito e agora ex-prefeito Ronaldo Magalhães? Não acredito! 
Cléverson Buim (BOIM)... Ora, a prefeitura local a partir de convênio,em torno de R$150.000,00 reais na conta bancária da delegacia local, para ser administrado por delegado e quem de sua confiança... Da mesma forma a PM – Polícia Militar. Esperar abertura de Inquérito por Improbidade Administrativa é pouco provável, sendo esta a minha opinião. Diria, que, em TESE: - “É MAIS FÁCIL CONTINUAR FAZENDO POLÍCIA PARA POBRE! É MENOS ESPINHOÇO.” É claro que no caso do córrego do periquito, Inquérito Policial não foi aberto e com o tempo o fato no âmbito jurídico irá prescrever e ai...  Ronaldo Magalhães e seus irmãos irão dormir mais ainda, de forma tranqüila diante de uma prescrição, pois tenho por opinião, que em tese, cometeram um crime, deixando de beneficiar uma quantidade enorme de pessoas de nossa sociedade itabirana. E o que ele teria feito com o dinheiro, junto com sua família Magalhães?
O jornalista CLAÚDIO VILLAÇA, que presidiu a mesa, disse: - “Todo movimento social de largo alcance começa pequeno a exemplo das Diretas-Já e vai ganhando corpo à medida que as pessoas vão tomando conhecimento do mesmo.”.
 A irmã MARIA ALBA, em substituição a dom Walmor Oliveira de Azevedo, deduziu que a CNBB pode falar oficialmente sobre o assunto, mas que ela estava vendo com bons olhos a iniciativa do delegado, principalmente desprovida de caráter político partidário.

Eca, nojo! Ricardo Teixeira
 e seu sogro João Havelange
 O Juiz Michel Curi da Comarca de Contagem, na variação de suas excelentes observações, disse ainda ter fé na proposta, dizendo ainda, que a Associação Amagis (Associação dos Magistrados de Minas Gerais), deverá sim apoiar a iniciativa, bem como, a AMB no plano nacional.
Na mesma linha de pensamento, o douto advogado Wilhian Santos, presidente da CDH da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção de Minas Gerais, e que a instituição não se furtará a prestar mais um serviço ao Brasil, “enriquecendo a sua vasta história.

Parece
 mesmo subserviente
 No encontro, na Faculdade UNA muitos bons argumentos foram trazidos na pauta, no que tange a corrupção e a importância da PL 21/2011, pois trata-se de uma marca registrada do bom trabalho de um dos poucos delegados de polícia, compromissados em fazer polícia para todos marginais, seja ele rico ou pobre. Da mesma forma, objetivando a pena, ainda maior, na tentativa de DESENCORAJAR os atos de pessoas dadas a corrupção.
Foi muito bem apresentado por Protógenes a Identificação da proposição de sua autoria, datada de 03/02/2011 inicio de seu mandato. A ementa e indexação. Justificou sua apresentação de projeto de lei, motivada pelo crescente aumento da corrupção no pais, bem como, a CULTURA DA IMPUNIDADE ainda vigente na esfera pública. Sabemos que outros delegados não teriam peito para investigar Daniel Dantas, preso por Protógenes e sua brilante equipe.
A partir de uma ONG que mede os índices de percepção de corrupção, denominada “Transparência Internacional”, em 2008, o Brasil atingiu a triste marca de 3,7 em uma escalada que vai de zero (muito corrupto) a dez (menos corrupto) e o nosso pais ficou em 75º dos 180 países arrolados na avaliação. 

DO PAPO EM DIA E MOMENTO DE CONFRATERNIZAR
Vários companheiros que compunham a mesa na qualidade de autoridades e outros que abrilhantaram o evento, foram para outro ambinte e assim, continuarem o assunto, bem como, diversificar a resenha e reforçar os laços de amizade em torno de uma mesma ideologia contra a corrupção. E ideologicmentea, não tem como não fazer laços de amizades com o douto Protógenes de Queiroz.
Cléverson caindo de sono, Protógenes, Michel Curi
 e o jornalista em pé, Luiz do Jornal Mosaico.

Alguns como Cléverson Lobo Buim e Protógenes ficaram saboreando refrigerante, enquanto os demais na forma moderada tomavam a conhecida loira – cerveja. David Rodrigues da Silva, presidente do Sindetpol (Sindicato dos Detetives de Minas Gerais). Dos assuntos, foi oportuno saber que um Delegado de Polícia atuante, a exemplo de Queiroz, foi capaz de não aceitar acordo para se abastar. E de um caso e outro, já chegou a voltar para os cofres públicos em torno de 40 Bilhões de Reais. Quantos delegados já teriam se sucumbido diante da vaidade e logo de propostas de locupletar-se. Mas, existem aqueles que não sucumbem-se aos ricos e poderosos de nossos pais. Que pagam um preço alto como Protégenes e tantos outros policiais, de não aceitarem a ONDA envolvente da corrupção e ainda de tentarem atingir a própria família, como aconteceu com o companheiro delegado.
DE UM ASSUNTO  A OUTRO...

Protógenes, David Rodrigues da Silva,
Michel Curi e Claudio Villaça.
Apesar dos momentos de confraternização, não poderia se esquecer da importância do debate, diante da necessidade de ampliação de penas para os crimes de corrupção, bem como, ser considerado crime hediondo como forma de regra. Corrupção é algo hediondo, porém, esta palavra no mundo jurídico, assim não se descreve para os casos de corrupção pela lei penal. Sabendo ainda, como já exposto, da aplicação, a necessidade da Justiça de se dispor na agilidade necessária para ressarcir a sociedade dos bens subtraídos, a exemplo dos dispositivos da lei do tráfico, de perderem tais bens auferidos com a prática do crime organizado e do ato de traficar.  
Eta sono...
Cléverson, presenteou alguns
amigos com amostras
do Perfume Ivrit
Perfumeivrit.blogspot.com
Protógenes finalizou os trabalhos, afirmando que continuará lutando para os crimes que envolvem jornalistas em função dos exercício profissional, a partir de seis meses não sendo esclarecidos, passem automaticamente para a órbita de competência de investigações da Polícia republicana, afirmando que a federalização de tais violências contribuirá de igual modo, para o combate da corrupção.
Também com  o apoio do Sindicato dos Professores de Minas Gerais – SINPRO – UNA, Associação dos Funcionários e Fiscais do Estado de Minas Gerais e Auxiliadora Previdenciária, o trabalho foi proveitoso.


A reportagem do Novojornal destacava sua matéria... “A corrupção não é uma invenção brasileira, mas a impunidade é uma coisa muito nossa” – Jô Soares.
FIM!

IVRIT PARFUM